Será que estou grávida?



Quando devo fazer o teste?
O ideal é aguardar de uma a duas semanas para que o resultado seja mais preciso. O parâmetro não deve ser a data da relação sexual, já que, nesse dia, a mulher pode nem estar ovulando. Deve-se considerar sempre o atraso da menstruação. Mas, se você tem o ciclo regular, é provável que ovule por volta do 14º ou 15º dia do ciclo. Se tiver relações nessa época, terá de aguardar pelo menos mais duas semanas e um dia para verificar o atraso menstrual e realizar o teste.
Algumas marcas pedem que o teste seja feito com a primeira urina do dia, já que, após uma noite inteira sem ir ao banheiro, o hormônio HCG (se houver) estará mais concentrado e fácil de ser detectado.

Resultado falso-positivo é possível?
É difícil, mas não é impossível. Isso pode acontecer se houver alteração do kit devido a mau acondicionamento, validade vencida ou se a realização do exame ocorrer de maneira errada. Há também algumas situações médicas raras em que o organismo da mulher pode produzir HCG sem que exista gravidez.

E falso-negativo? Quando isso acontece?
Sim, falsos-negativos podem acontecer. A maioria dos produtos pode indicar a gravidez a partir do primeiro dia de atraso menstrual. Porém há algumas grávidas que apresentam pouca concentração de HCG na urina nos primeiros dias de gravidez. Por isso, realizar o teste precocemente pode levar a um falso-negativo. O ideal é aguardar uma ou duas semanas de atraso para fazer o teste. Sem contar que algumas mulheres têm os ciclos muito desregulados e, nesses casos, nem há como precisar a data em que a menstruação deveria vir.

O exame foi realizado corretamente?
A linha colorida que surge na fita é a garantia de que o teste foi realizado corretamente. Ela fica numa área da fita que serve para controlar a reação química. Se não surgir nenhuma linha, o teste foi falho.
Medicamentos de uso contínuo, de venda livre ou contraceptivos podem alterar o resultado?
Não. Apenas mulheres que se encontram em tratamento para engravidar, sob a supervisão de um especialista, em reprodução assistida, podem ter um resultado falso-positivo. Isso acontece porque algumas pacientes recebem HCG injetável como parte do tratamento.

2. Exame de sangue

Quais os parâmetros avaliados na amostra sanguínea para detectar a gestação?
Existem dois tipos de exame de sangue para gravidez: o qualitativo e o quantitativo. Ambos avaliam uma fração do hormônio HCG no sangue, chamada de Beta (BHCG). Enquanto o resultado do primeiro aponta simplesmente positivo ou negativo, o do segundo informa um valor sobre a quantidade de hormônio encontrada na amostra. Esse valor ajuda o médico a determinar o tempo de gestação, embora apenas com um exame de ultrassonografia ele possa obter, mais precisamente, essa informação.

3. Exame pélvico

O ginecologista consegue saber se a mulher está grávida durante o exame de toque?
Existem alguns sinais que levam o ginecologista a suspeitar de gravidez quando examina a paciente. Na grávida, há alteração na coloração da vulva, no tamanho e no formato do útero e na textura do colo uterino. Além de ajudar a confirmar o diagnóstico, o exame no consultório é importante para detectar gestações tubárias precocemente.

Que mudanças no corpo da mulher podem ser sinais de gestação?
Além do atraso menstrual, seios aumentados e doloridos, enjôos matinais e vontade de urinar a toda hora são sintomas comuns à maioria das grávidas no início da gestação.

4. Qual teste fazer primeiro?

Como o teste de farmácia é acessível e tem um bom índice de acerto, se sua menstruação estiver atrasada alguns dias e você observa outros sintomas, vale a pena comprar um kit e tirar a dúvida. Em caso positivo, marque uma consulta com seu médico, que deve pedir o exame de sangue para a confirmação. Se der negativo, aguarde mais uma ou duas semanas e repita o teste de farmácia. Claro que, se houver algum mal-estar, procure o serviço de saúde diretamente.

*Então o resultado deu positivo e você esta GRÁVIDA! Parabéns! Não esqueça de começar o "pré natal", esse acompanhamento é uma das maiores provas de amor que uma mãe pode dar ao filho quando ele ainda está na sua barriga. Afinal, é através desses exames que a mulher pode cuidar de sua saúde e do bem-estar do bebê, evitando diversas doenças e complicações.